quarta-feira, 19 de abril de 2017

Estátua da Virgem Maria chora lágrimas de sangue e intriga o mundo



Milagre? Sobrenatural? Apenas uma fraude? Essas são algumas das perguntas feitas sobre um fenômeno que está atingindo uma comunidade da Argentina. Desde o dia 6 desse mês, uma estátua tem atraído a atenção de uma multidão. Posta em uma casa de família, a estátua da Virgem Maria tem o rosto manchado. Para os seus donos, ela chora sangue. Chamada na Argentina de Virgem de la Rosa Mística, a obra tem meio metro e virou alvo de diversas emissoras de TV. Ao final dessa reportagem, o leitor pode ver uma matéria em espanhol sobre o caso. A estátua pertence a um casal fervoroso. Rosana e Mateo intrigaram a população local quando conversaram com uma rádio e deram as informações da virgem que chora sangue.

Ao ouvirem a história para lá de miraculosa, muitos moradores decidiram bater na porta do casal, que mora em San José de Metán. Não demorou muito para que os fiéis católicos se multiplicassem e para que o espaço virasse destino de peregrinação dos que acreditam que aquilo é um verdadeiro milagre. A imprensa, animada com a novidade, tem filmado cultos e mostrado a virgem que chora. O fenômeno hipotético já virou alvo de análises e críticas. Há quem acredite que algo ainda não descoberto faz a imagem chorar. O casal, dono da estátua que representa a mãe de Jesus Cristo, afirma que as "lágrimas" começaram a cair sem mais nem menos, e que apenas decidiram dividir a história com os vizinhos.


No vídeo dessa reportagem, a emissora local não chega a mostrar uma lágrima descendo do rosto da santa, mas ele parece molhado de uma cor avermelhada. Até mesmo o padre da comunidade, identificado como Gustavo Paredes, já esteve na residência do casal. Ele, no entanto, preferiu não falar sobre o assunto polêmico, já que todo o sangue pode não ser verdadeiro. O casal não tem ganho dinheiro com isso. Eles organizam visitas, mas não cobram nada para quem entra em sua casa.

Outro membro da igreja católica, Padre Julio Raúl Méndez, preferiu ser ainda mais cauteloso. Ele diz que não se pode falar nada até que a estátua passe por testes e que o milagre seja ou não comprovado. Não é a primeira vez que esse tipo de evento acontece com uma imagem sacra.

Veja abaixo uma reportagem feita por uma emissora local sobre a estátua que chora sangue. Na matéria, os argentinos mostram-se espantados com o fenômeno, ainda visto como sem explicação.



Fonte :Blastingnews

Nenhum comentário:

Postar um comentário