sábado, 8 de abril de 2017

Escultor acredita que Bruno Borges seja a reencarnação de filósofo italiano



Uma reportagem do G1 localizou o escultor responsável pela réplica da estátua do filósofo Giordano Bruno encontrada no quarto do entusiasta de ufologia Bruno de Melo Silva Borges.

Leia mais: Bruno Borges: 11 mistérios sobre o estudante que sumiu no Acre

De acordo com Jorge Rivasplata, de 83 anos, a réplica com 2 metros de altura foi encomendada por Borges e teria custado R$ 7.000. A imagem original está localizada no Campo de Fiori, em Roma.

Para Rivasplata, o estudante Bruno é a reencarnação do filófoso que teve seus trabalhos interrompidos em 1600 após ser condenado à morte na fogueira pela Inquisição romana.





“A maioria não entende, mas eu o conheço há muito tempo. Dá para acreditar que foi reencarnado Giordano Bruno nele. Não posso contar mais, a única coisa que posso dizer é que já terminou os livros que ele [Giordano] deixou inconcluso. Queria falar ao seu pai e mãe que não se preocupem, ele está bem e vem apresentar ao mundo esse projeto lindo, fantástico”, disse.

O escutor comentou ainda que Bruno foi aluno dele em um curso de desenho e pintura; que resultou na encomenda da escultura. Foram dois meses para ficar pronta.

“Ele se destacou. É muito inteligente, superdotado. Ele viu meu trabalho, gostou e me deu um livro sobre o Giordano. A estátua ficou no fundo da minha casa, Bruno veio buscar em uma caminhonete. Depois fui chamado para terminar, para fixar onde deveria ficar”, conta.


Abaixo do pé da estátua de Giordano Bruno, há um círculo de transmutação humana (ou seja, capaz transformar matéria em um ser humano através da alquimia) que exigiria um sacrificio de igual ou maior valor ao que está sendo solicitado.

Ainda não está claro se a figura foi utilizada por Bruno para alguma atividade ou simplesmente com o intuito de enfeitar o quarto.

Foto: Globo G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário