quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Pilotos de aeronave se comunicaram com OVNI / UFO



A maioria das pessoas tem uma alta estima por pilotos de aeronaves, sejam eles militares, espaciais ou comerciais. Isso, mais o fato de que eles despendem a maior parte do tempo de seu trabalho no céu, é porque os relatos de OVNIs por pilotos são tomados de forma mais séria do que de outras pessoas.

Em 26 de dezembro de 2016, dois pilotos comerciais alegaram ter tido um encontro de 10 minutos com um OVNI na costa atlântica dos Estados Unidos, perto de Atlantic City, estado da Nova Jersey, e tentaram se comunicar com o objeto usando luzes da aeronave.

    Olhei para cima e vi uma enorme luz pulsante, e chamei a atenção do outro piloto. Sua reação quando a viu foi bem como a minha…”Que diabos?”… “O que é isso?”

De acordo com seu relato ao National UFO Reporting Center (NUFORC), uma organização de investigação de OVNIs com base em Davenport, estado de Washington, os pilotos estavam num voo de Nova Iorque para Miami, numa noite clara, com visibilidade ilimitada.  O avistamento ocorreu a 100 milhas náuticas ao leste de Atlantic City, sobre a água, entre 21h30 e 22h00, horário da costa leste dos EUA.  Eles descreveram o objeto como sendo de 3 a 5 vezes maior do que a maior estrela que podiam ver, e se movendo do horizonte a 35 graus para cima.


À primeira vista, a luz estava aproximadamente na posição de 1 hora em relação à cabine da aeronave. Ela se moveu para 12, 10, 11, de volta para 12.  Naquele momento, a luz pareceu se mover para o norte, então sul à uma taxa muito rápida.

Ao invés de ser uma luz ‘sólida’, os pilotos disseram que ela estava piscando e notaram um ‘flash’ alaranjado/vermelho entre os ‘flashes’ brancos.

    Piscamos as nossas luzes algumas vezes, e o outro piloto acredita que ele piscou de volta em sequência; achei que o retorno dos ‘flashes’ foi coincidente, mas possível.

    Nem um de nós já havia visto e/ou escutado a respeito de uma ocorrência como esta.  Isto soa como algo que deveria ser reportado ao controle de tráfego aéreo, não?

    Íamos reportar ao ATC, mas mutuamente decidimos deixar para lá. Não tenho nenhuma explicação para o que vimos, e tampouco tem o outro piloto. Tentamos filmar o incidente, mas não foi possível.

Embora existam muitos avistamentos de OVNIs por pilotos, eles ficam relutantes em reportá-los – especialmente usando seus nomes reais – por medo de serem ridicularizados ou perderem seus empregos, e no caso de voos comerciais, medo de serem processados pelos passageiros.

Teriam os dois pilotos visto mais em 26 de dezembro do que eles estão contando?  Será que algum passageiro também viu? Teria a sua comunicação com o OVNI sido algo mais do que coincidência? Talvez o tempo dirá.



Andrew Danzinger – um piloto que viu um OVNI, mas esperou 25 anos antes de revelar seu avistamento publicamente.



O piloto comercial Andy Danzinger esperou 25 anos para falar publicamente sobre o seu encontro com um OVNI. Se tivesse revelado antes, será que ele teria sido contratado como piloto do avião de Barack Obama durante sua campanha presidencial?

Uma lástima que os pilotos tenham que esconder o que vêem, com medo de algum tipo de retaliação dos imbecis de plantão que estão no poder.

Fonte : Ovni Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário