domingo, 4 de dezembro de 2016

Governo de Fidel Castro censurava informações sobre OVNIs / UFOs



CADIZDIRECTO – O fenômeno dos OVNIs sempre chamou a atenção daqueles que dedicaram parte de suas vidas para estudar as origens e estranheza dos eventos.  Avistamentos de OVNIs têm ocorrido pelo mundo todo, mas talvez os mais difíceis de serem estudados eram aqueles que ocorriam nas nações da Europa oriental, aquelas atrás da assim chamada “Cortina de Ferro”, ou em Cuba, devido à natureza sigilosa de seus regimes.

A morte recente do líder cubano, Fidel Castro, abre novas portas para quaisquer informações sobre OVNIs que possam vir daquela ilha. Sabe-se agora que Cuba censurou todos os assuntos relacionados ao fenômeno dos OVNIs por mais de 37 anos.

Um desses casos envolve o camponês Adolfo Zarate. Uma ‘onda’ de relatos de OVNIs ocorreu por toda a ilha de Cuba em outubro de 1995, e na época o governo cubano foi forçado a admitir a existência de uma documentação sobre aquele fenômeno.

A documentação adquiri um significado especial após a morte de Castro, particularmente por se tratar de um assunto cuja censura foi forçada por sobre toda a ilha.

Esperançosamente, com a morte do ditador, o governo do irmão de Fidel, Raul, será um pouco mais leniente quanto a liberação de informações a respeito deste fenômeno.

O mundo merece saber.

Fonte : Ovni Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário