quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Nasa divulga impressionantes imagens de ilha criada por terremoto



A Nasa divulgou as primeiras imagens de satélite da ilha que foi criada próximo da costa do Paquistão, local do epicentro do abalo que devastou a região mais pobre do país há uma semana. O tremor de 7,7 graus na escala Richter provocou a morte de centenas de pessoas, deixou milhares de feridos, além de causar sérios danos à infraestrutura local e problemas de abastecimento de água e de energia elétrica.
A nova ilha emergiu das águas do Mar Arábico a, aproximadamente, um quilômetro e meio da orla continental. Trata-se de uma formação rochosa de 20 metros de altura, com 300m de comprimento e 100m de largura, na região conhecida como Baía de Paddi Zirr.


As impressionantes imagens foram capturadas pelo mesmo satélite e na mesma localização onde, há alguns meses, era possível avistar apenas água


Batizada de ilha de Zalzala, nome derivado de uma palavra árabe que significa terremoto, a porção de terra emergida das profundezas do mar é, de acordo com especialistas, um monte de lama, areia e rochas que foram elevadas à superfície pelo efeito da pressão de gases. O fenômeno teria sido possível por conta das características únicas da região, que concentra uma alta composição de areia, disposta em camadas que descansam sobre outras camadas de gás metano, dióxido de carbono e outros tipos de gases.


O efeito da pressão exercida pelas ondas sísmicas alterou a composição das camadas de gás, que expulsou fluídos até a superfície, carregando lama e rochas. Diante deste cenário e de acordo com as evidências analisadas, os pesquisadores acreditam que a ilha permanecerá à tona por aproximadamente um ano, para, em seguida, retornar às profundezas do mar.

Fonte : History

Nenhum comentário:

Postar um comentário